sábado, 26 de julho de 2014

PSDB É FESTIVAL DE RASTEIRAS; PT NAVEGA SEM CRISES

BRASIL RESPONDE À ALTURA AS OFENSAS DO GOVERNO DE ISRAEL

BANCOS E ESPECULADORES FAZEM TERROR CONTRA O PT DESDE 1989...

sexta-feira, 25 de julho de 2014

GLOBO SERÁ O "HORÁRIO ELEITORAL" DO PSDB E PSB

A aposta no “horário eleitoral” do JN

Por Altamiro Borges

Na disputa presidencial de 2014, as forças de oposição – a velha e a dissidente – saíram em desvantagem no horário eleitoral “gratuito” de rádio e tevê, que começa em 19 de agosto. Devido à costura de alianças mais amplas, Dilma Rousseff conquistou quase metade do tempo para expor o balanço do seu governo, fazer o contraponto ao triste reinado de FHC, desmascarar as “medidas impopulares” dos neoliberais e apresentar suas propostas de mudanças para o futuro. Mas isto parece que não abalou Aécio Neves e Eduardo Campos, segundo informa Julia Duailibi, um das poucas vozes críticas do Estadão. A jornalista revela que os oposicionistas pretendem apostar as suas fichas no “horário eleitoral” da TV Globo.

“As campanhas dos principais candidatos da oposição, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), dão menos importância ao horário eleitoral que à cobertura do Jornal Nacional, da Rede Globo, o telejornal de maior audiência do País. Nos bastidores, os integrantes das campanhas dizem que a cobertura do Jornal Nacional sobre o dia dos candidatos, que começará em agosto, pouco antes do horário eleitoral na TV, tornou-se mais importante que a propaganda oficial. Minimizam, assim, a vantagem que a líder nas pesquisas, Dilma Rousseff (PT), tem de tempo do horário eleitoral - a petista terá mais de 11 minutos de exposição contra pouco mais de quatro minutos de Aécio e quase dois minutos de Campos”.

Os comandos das duas campanhas não confessaram os reais motivos deste “foco” no JN – nem a colunista polemizou com as razões apresentadas. Eles apenas alegaram “que a população tende a olhar com menos desconfiança para a informação que vem de um telejornal. A propaganda oficial, comandada pelos marqueteiros, já deixaria o eleitor desconfiado e atento ao ‘pega na mentira’ do candidato... As campanhas de Aécio e Campos dizem que o jogo só começará a ser jogado com o início dessa cobertura na TV. A Globo ainda não divulgou os detalhes da cobertura, mas as campanhas afirmam que ela começará no dia 4 de agosto e que os principais candidatos devem ter o mesmo tempo de aparição”.

Mas não é preciso ser um gênio para entender o “foco” no JN – o telejornal de maior audiência da tevê brasileira, apesar do acentuado declínio dos últimos anos. A famiglia Marinho não esconde seu feroz oposicionismo à atual presidenta. Isto ficou explícito no julgamento midiático do chamado “mensalão do PT” e também na cobertura “vira-lata” dos preparativos da Copa do Mundo. Agora, a TV Globo, com seus “calunistas” regiamente pagos, faz de tudo para criar um clima de pessimismo com os rumos da economia. Aécio e Campos sabem que este tipo de cobertura “imparcial” serve para dificultar a reeleição de Dilma Rousseff e para alavancar as campanhas oposicionistas.

Ou seja: a disputa presidencial terá na televisão – especialmente na Rede Globo – um decisivo campo de batalha. Como o governo Dilma não fez nada para coibir este brutal poder de manipulação da sociedade, é bom que a sua campanha utilize bem o horário “gratuito” que ainda resta na rádio e tevê para politizar a sociedade. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a candidata petista terá 11 minutos e 48 segundos em cada bloco de 25 minutos de propaganda; o tucano Aécio Neves ficará com 4 minutos e 31 segundos; e o dissidente Eduardo Campos terá 1 minuto e 49 segundos. Todos os outros oito candidatos que disputam a presidência terão menos tempo ainda de exposição.

http://altamiroborges.blogspot.nl/2014/07/a-aposta-no-horario-eleitoral-do-jn.html#more

AS 85 PESSOAS MAIS RICAS DO MUNDO TÊM O MESMO QUE 3,5 BILHÕES DE POBRES!!!

Los 85 más ricos del mundo ganan igual que los 3.500 millones de los más pobres

Publicado: 25 jul 2014 | 11:36 GMT
Las fortunas sumadas de las 85 personas más ricas del mundo equivalen a todo lo que ganan los 3.500 millones de los más pobres juntos, según la cifra de la ONU. 
El informe anual sobre el Desarrollo Humano de las Naciones Unidas publicado este jueves destaca que la pobreza disminuye globalmente, pero que la desigualdad crece. De acuerdo con el documento, hoy en día en el mundo hay 1.200 millones de personas quienes viven con menos de 1,25 dólares al día.
http://actualidad.rt.com/ultima_hora/view/135033-ricos-fortuna-superar-pobres-onuhttp://actualidad.rt.com/ultima_hora/view/135033-ricos-fortuna-superar-pobres-onu

PSDB É RESPONSÁVEL AO APOIAR POSIÇÃO DO BRASIL SOBRE ISRAEL

247 DIZ QUE NETANYAHU SE IGUALA A HERODES