segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

A DIFÍCIL SITUAÇÃO DOS PROFESSORES DE SÃO PAULO

Não é fácil não ser professor no estado de São Paulo

Esse problema há anos vem se arrastando, sem que o governo consiga equacionar e muito menos solucionar a questão
Por Bia Pardi

Todo final de ano a secretaria da Educação do Estado de São Paulo se vê diante de um problema crônico que interfere na organização das unidades escolares. Trata-se da falta de professores, tragédia anunciada com antecipação ao processo de escolha de aulas pelos profissionais. Esse problema há anos vem se arrastando, sem que o governo consiga equacionar e muito menos solucionar a questão.

Ainda que o número de efetivos cresça, não tem suprido a necessidade da rede. São 251.906 o total de professores e, destes, 55,31% são efetivos, 22,76% são temporários e 21,93% são estáveis. Embora não tenham passado por concurso, tornaram-se estáveis por legislação constitucional.

Os temporários estão espalhados pelo Estado todo num total de 57.329. São 28 mil no interior, 29 mil na Grande São Paulo e 10.700 na capital. Esses números representam mais de 20% de carência de professores, o que provoca uma instabilidade geral no início das aulas.

Vários são os motivos que geram essa situação como, por exemplo, o número de concursados que foram chamados a se efetivar e a resposta de apenas 1.500 que assumiram as aulas. Ou, nesse ano, a chamada para 56 mil profissionais, dos quais somente 29 mil responderam afirmativamente. Resta anunciar duas condições altamente desestimuladoras ao exercício do magistério: a longa maratona dos concursos e as péssimas condições de trabalho e salário a que são submetidos os docentes da rede pública estadual da Educação Básica.


*Bia Pardi é assessora de Educação da Liderança do PT na Assembleia Legislativa de SP

domingo, 21 de dezembro de 2014

NOVO SITE PARA NOSSAS IDÉIAS, EM CONSTRUÇÃO


Amigos(as), estou começando a construir um novo sítio, onde espero ter mais recursos e produzir mais conteúdo próprio. Visitem, comentem, mas por favor tenham um pouco de paciência até eu me familiarizar com as ferramentas e postar mais material. É um novo espaço, mas exige tempo e algum conhecimento, que estou adquirindo na medida de minha disponibilidade. Obrigado!
http://valepensar.dominiotemporario.com/

PREFEITO TUCANO ROUBAVA 30% DA ARRECADAÇÃO!!!

A história do prefeito que roubava

21 de dezembro de 2014 | 13:32 Autor: Miguel do Rosário
Coxinhas são engraçados.
O PSDB é o campeão brasileiro de ficha-suja, segundo o TSE.
A privataria tucana não apenas foi o maior escândalo de corrupção da nossa história. Foi entrega de soberania.
Botaram até tanques de guerra na Praça XV, para poderem vender a Vale a preço vil.
Agora temos um caso de um prefeito tucano, do município de Itaguaí, no Rio de Janeiro, que roubava como se não houvesse amanhã.
Mesmo assim, para os coxinhas, a corrupção no Brasil é culpa apenas do PT.
As acusações contra o prefeito de Itaguaí são de que a sua quadrilha desviava mais de R$ 30 milhões por mês, correspondente a 30% da arrecadação mensal da prefeitura.
Comissão de 30%, só mesmo tucano.
Você não vai ler nenhum editorial indignado quanto a isso.
Nenhum coxinha vai fazer manifestação.
Jabor não vai falar nada.
Merval, caladinho.
Ninguém na Jovem Pan vai comentar o caso.
Gilmar Mendes também não parece interessado.
Para não ser injusto, o caso merece apenas uma nota do Janio de Freitas, na Folha.
E só.
http://tijolaco.com.br/blog/?p=23918

MAIS PESSOAS INFORMAM-SE PELA INTERNET, NO BRASIL

Estudo do Governo e IBOPE:
audiência na internet bomba !

O brasileiro gasta mais tempo na internet que na tevê para se informar​.
O ministro da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traummann, apresentou nessa sexta-feira (19) a Pesquisa Brasileira de Mídia – 2015. 

O estudo, encomendado pela SECOM, mostra que a televisão segue como a mídia mais utilizada pela população brasileira. O rádio segue em segundo lugar.

Mas, o destaque da pesquisa é o crescimento da internet, tanto em número de usuários, quanto em relação ao tempo que o brasileiro permanece conectado. 

De acordo com o levantamento, 42% já consideram a internet como o meio de comunicação mais utilizado.

O estudo mostra que quase metade dos brasileiros (48%) já utiliza a internet.

O número de pessoas que acessam todos os dias subiu de 26% para 37% em apenas um ano.

Além disso, o usuário da internet já fica, em média, 4h59 por dia conectado.

É a mídia em que as pessoas permanecem por mais tempo para se informar. Supera até a televisão, que é assistida em média por 4h31 diárias.

Os internautas acessam a rede, em sua grande maioria, em busca de informação. 67% buscam notícias, mesmo índice de quem acessa para diversão. Já 38% utilizam a internet como passatempo e 24% estudam e aprendem.

As regiões, a escolaridade e a idade dos pesquisados alteram os dados substancialmente. Entre os brasileiros com ensino médio, por exemplo, o número de usuários sobe para 72%, com uma permanência de 5h41, em média.

Os jovens também apresentam números diferentes. 65% dos brasileiros entre 16 e 25 anos acessam a internet diariamente e ficam conectados, em média, 5h51.

32% dos pesquisados utilizam a internet exclusivamente enquanto navegam.

Outro dado importante entre as faixas etárias é que os mesmos jovens assistem à TV uma hora a menos por semana que os mais velhos, acima de 65 anos.

Ou seja, a tendência é de queda na audiência na televisão e aumento na utilização da internet.

Os celulares já são utilizados por 66% dos pesquisados para o acesso à internet.

Os aparelhos telefônicos já competem com os computadores e notebooks, que têm a preferência de 71%.

As redes sociais são preponderantes para a utilização dos celulares. O Facebook é acessado por 83% dos internautas de celular, o WhatsApp tem 58% e o YouTube 17%.

Outras mídias

A televisão permanece como a mídia mais utilizada. 95% dos brasileiros assistem à TV. Destes, 73% veem diariamente. A média de utilização é de 4h31.

O horário nobre da tevê se deslocou para as 22h00, 23h00.
http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2014/12/19/estudo-do-governo-e-ibope-audiencia-na-internet-bomba/

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

ATAQUE À PETROBRÁS É GUERRA ESPECULATIVA

O mercado não destruirá a Petrobrás

SEM NOÇÃO, AÉCIO DERROTADO QUERIA O DIPLOMA DE PRESIDENTE!

Aécio é diplomado... numa clínica!

Por Altamiro Borges

O cambaleante Aécio Neves está com algum problema sério. Nem o bafômetro consegue identificar o transtorno. O senador mineiro-carioca até agora não engoliu a derrota na eleição presidencial – nem a surra que levou em Minas Gerais e no Rio de Janeiro. Ele já pediu recontagem dos votos, deu apoio aos malucos que gritam pelo impeachment da presidenta e pelo retorno da ditadura e pressionou pela rejeição das contas de campanha do PT. Sua última investida, porém, foi a mais patética. Seu partido solicitou que ele fosse diplomado no lugar de Dilma Rousseff. Não é piada! Aécio Neves poderia até ser "diplomado", mas numa clínica... psiquiátrica!

Poucos horas antes do Tribunal Superior Eleitoral diplomar a presidenta, na tarde desta quinta-feira (18), o PSDB ingressou no órgão com o pedido de cassação do seu registro e de posse do derrotado tucano. Alegou "abuso do poder econômico" – como se a sua campanha não tivesse recebido milhões dos banqueiros e das empreiteiras – e uso indevido da tevê para pronunciamentos da presidenta – como se os tucanos não tivessem 24 horas diárias de "horário eleitoral gratuito" na mídia golpista. 

Na sua parte mais risível, o documento do PSDB afirma: "Cabe assinalar, contudo, que a despeito de tudo, os requeridos [Dilma Rousseff e Michel Temer] obtiveram pífia vitória nas urnas. A diferença entre as duas chapas em disputa no segundo turno foi de apenas 2,28%, num universo de 105.542.273 votos válidos". Derrotada, a sigla solicita a cassação do registro da dupla vencedora e reivindica que sejam empossados os tucanos Aécio Neves e Aloysio Nunes Ferreira nos cargos de presidente e vice-presidente da República. É, realmente, caso de internação... com direito a "diploma" de desrespeito à soberania do voto e à democracia.
http://altamiroborges.blogspot.com.br/2014/12/aecio-e-diplomado-numa-clinica.html#more

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

REATAMENTO CUBA-EUA É BOM PARA O MUNDO

Cuba e EUA: Fim da Guerra Fria

Por Ricardo Kotscho, no blog Balaio do Kotscho:

Sou do tempo em que ir a Cuba era proibido para os brasileiros. Os dois países não tinham relações diplomáticas e no nosso passaporte vinha um aviso: era permitido viajar para qualquer país do mundo, menos para a ilha caribenha.

Ao retornar de uma viagem clandestina, você poderia ser interrogado e preso. A primeira vez que me arrisquei a viajar para Havana foi em 1980, para participar de um encontro de intelectuais latino-americanos (jornalista era considerado intelectual...), junto com uma comitiva bastante variada de representantes das várias áreas da cultura nacional.

Para chegar lá, era preciso fazer uma triangulação, com conexão em Lima, no Peru, pegar o visto na embaixada cubana e, depois, seguir até o Panamá, aonde finalmente pegamos o voo para Havana. Ao desembarcar, me lembrei da primeira vez que cheguei a Salvador, na Bahia, nos anos 1960. Era tudo bastante parecido: o povo mulato e festeiro, muita música, mojitos servidos à vontade, danças, roupas coloridas. Nada, enfim, que lembrasse uma terrível ditadura comunista, destas que comem criancinhas, como aprendi lendo os nossos jornais.

Voltaria a Cuba, onde fiz muitos amigos, várias outras vezes, a passeio ou a trabalho, e vi de perto as diferentes fases pelas quais a ilha passou neste período, da bonança à penúria. Por isso, como tanta gente pelo mundo afora, fiquei muito feliz com o anúncio do reatamento das relações diplomáticas entre Estados Unidos e Cuba, nesta tarde histórica de 17 de dezembro de 2014, dia do aniversário do papa Francisco, que completou 78 anos, e teve papel fundamental nas negociações que levaram a este desfecho.

A melhor notícia deste final de ano, que renova nossas esperanças de viver num mundo mais fraterno e menos belicoso, acabaria vindo de onde menos se poderia esperar, proclamada com orgulho pelos presidentes de dois países tão próximos e tão diferentes, inimigos até então irreconciliáveis, separados por apenas 200 quilômetros de mar.

"Todos somos americanos!", resumiu Obama, em bom castelhano, ao abrir os braços para o pequeno país de Raul Castro, com apenas 10 milhões de habitantes. Companheiro de muitas passagens por Havana, o amigo escritor Fernando Morais, um dos primeiros jornalistas brasileiros a desafiar a proibição de entrar em Cuba, ainda em 1975, no auge da ditadura militar brasileira, foi quem melhor definiu este acontecimento de grande repercussão mundial: "Não é só uma frase de efeito, mas a Guerra Fria acabou hoje, às 15h01".

De fato, a chamada Guerra Fria, que começou logo após o final da Segunda Grande Guerra, dividindo o mundo ao meio entre comunismo e capitalismo, perdeu sua razão de ser com a queda do Muro de Berlim, em 1989, mas veio se arrastando por mais 25 anos até os dias atuais, inclusive aqui no Brasil, como vimos ainda agora na última campanha eleitoral. "Vai para Cuba!", era um dos xingamentos mais comuns nas manifestações de tucanos contra a presidente Dilma Rousseff, acusada de ser amiga dos cubanos e de ter financiado o porto de Mariel, em Havana, com dinheiro do BNDES. Só falta agora chamarem Obama de comunista.

Pois agora, que a coragem dos presidentes Obama e Castro abriu caminho para o levantamento do embargo econômico contra Cuba, decretado pelos Estados Unidos 53 anos atrás, Mariel pode se tornar o símbolo de um novo tempo, em que a abertura dos portos possa ajudar a combater a intolerância ideológica que ainda inferniza boa parte do mundo. Vai ser bom para os Estados Unidos e para Cuba, claro, mas também para o Brasil e a América Latina, e o mundo todo que ainda sonha com a paz entre os povos.

Vida que segue.
http://altamiroborges.blogspot.com.br/2014/12/cuba-e-eua-fim-da-guerra-fria.html#more